quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Blusa mescla com tranças




linha camila 1000m
linha super bebê cisne



sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Como fazer Ecobag Personalizada - PAP #6

Que tal ter uma Ecobag personalizada com tecidinhos fofos? É super fácil de fazer, dá para aprender em menos de 2 minutos!


Materiais:
  • 1,10m X 0,55m Tecido de algodão (usei tricoline - finalizada ficou com 0,50m X 0,45m)
  • 1 tira de tecido de algodão com 9cm X 1m (no mínimo)
  • Linha e Tesoura

Veja também:

sábado, 20 de setembro de 2014

A vovó e o robo - Carregando as baterias



quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Materiais para costura: iniciantes

Para quem está começando a costurar, a primeira dúvida que aparece é em relação aos materiais básicos e realmente necessários para iniciar essa aventura.

o que é preciso para começar a costurar? materiais básicos para costura.

Tesouras:
Tenha sempre uma Tesoura só para tecidos. 
Vale muito investir em uma de qualidade, pois, além de facilitar o trabalho, se for bem cuidada, irá durar por muitos anos (a minha herdei da minha mãe, ela tem cerca de 17 anos, é a com lacinho verde na foto, continua nova).

Uma tesoura menor somente para cortar fios enquanto costura também é um bom investimento. Pode ser daquelas de bordar. Mantenha ela sempre por perto, nem sempre os cortadores das máquinas são práticos.

A tesoura de picotar é opcional, é um investimento para ser feito a longo prazo conforme for a necessidade.

Fita métrica e réguas:
A fita métrica é indispensável, algumas já vêm com as medidas em centímetros e polegadas na mesma peça. O que é super bacana para quando usar moldes gringos, principalmente se for trabalhar com patchwork. Você economizará muito tempo não tendo que fazer conversões de medidas.

Régua, tenha uma reta para auxiliar na hora de riscar os moldes, mas, se for aprender a riscar moldes de roupas (modelagem plana), invista em um esquadro para molde.

Carretilha, giz, abridor de casa e alfinetes:
A carretilha será sua melhor amiga na hora de riscar moldes e tirar moldes de revistas, assim como o giz e os alfinetes. São materiais que, se bem cuidados e bem guardados, da mesma forma que a tesoura, irão durar por muitos anos.

Giz, tenha sempre de duas cores: um claro e um escuro, para que possa ver com facilidade conforme a cor do tecido.

O Abridor de casas geralmente vem junto com as máquinas de costura domésticas. Mas se não tiver vindo com a sua, é um material super baratinho e que facilita muito o trabalho.

Alfinetes vão desde os tradicionais de bolinha ou pérola até os mais fofos, como florzinhas e corações. Compre pelo menos umas 60 unidades, quando fizer peças grandes usará muitos.

Aproveite e faça um alfineteiro super fofo para te acompanhar durante a costura: veja um modelo  com formato de maçã aqui.

Tenha também alguns alfinetes de segurança, podem ser muito úteis na hora de passar um elástico.

Agulhas e bobinas:
Há alguns kits vendidos com tamanhos variados de agulha e já são acompanhadas de um estojinho para não perdê-las.

Para a Agulha de máquina, siga as orientações do fabricante da sua máquina de costura. Geralmente as domésticas têm um padrão, mas sempre vale a pena conferir se são adequadas para sua máquina.

Tenha sempre algumas unidades reserva, pois até pegar prática você quebrará algumas. rsrs...

A Agulha dupla é ótima para as máquinas domésticas e deixa um lindo acabamento nas roupas. São um pouco mais caras que as agulhas simples, mas se forem bem cuidadas irão te acompanhar por um bom tempo.

As bobinas quando compramos a máquina de costura, já vêm junto algumas unidades. Elas podem ser alta ou baixa, de metal ou acrílico. Observe as orientações do fabricante da sua máquina e compre mais algumas unidades. É um item que nunca será demais ter sobrando.

Linhas:
As linhas básicas são sempre, preto, branco, bege (nude), marrom e azul marinho. As demais cores compre conforme for a necessidade e a quantia que for usar. 

Avalie suas necessidades, nem sempre compensa comprar um rolo gigante verde neon, que será usado somente para fazer uma blusa, enquanto que apenas um ou dois carreteis seriam o suficiente.

Papel, caderno, lápis, caneta e borracha:
Para moldes o papel craft ou kraft é um ótimo aliado, principalmente e se você estiver aprendendo a riscar seus próprios moldes.

Tenha um caderno para suas anotações, principalmente para registrar medidas e alguns lembretes.

Lápis e borracha são mais práticos para quem está começando a riscar moldes, mas tenha também canetinhas para marcações do molde final.

Base de corte e cortadores:
São indispensáveis para quem vai trabalhar com patchwork, facilitam muito o trabalho juntamente com as réguas de patch. O investimento é bem mais alto se comparado aos materiais citados anteriormente. Em sua maioria são importados, por isso são mesmo mais caros. Mas já temos ótimos produtos nacionais com preços variados. Pesquise bem antes de comprar, peça dicas para sua professora de patchwork, teste materiais das amigas.

Agora, para quem vai costurar roupas é uma questão de gosto. Alguns podem achar uma praticidade, enquanto que outros podem achar mais difícil e não tão práticos assim usá-los.

Organizadores:
Conforme for sua necessidade e o quanto de espaço tem em casa disponível para suas artices, invista em organizadores. Mantenha o material reunido em um só lugar, isso irá facilitar muito no momento em que for costurar, e principalmente, economizará muito o tempo que seria desperdiçado procurando as coisas.

Tecidos:
Por último mas com plena certeza o mais amado de todos, os tecidos. Se está começando a costurar procure fazer peças com tecido de algodão, como tricoline, por exemplo. Ele é muito fácil de manusear e não escorrega na hora de costurar.

Compre também retalhos variados para treinar, além de serem mais baratos, geralmente são vendidos a quilo. Garimpe nas malharias, sempre se encontra ótimos pedaços. Assim quando for costurar aquele tecido super fofo não precisará ficar com medo de estragar, pois já terá adquirido mais prática e segurança com os retalhos.

Treine a costura reta, curvas e caracóis em um tecido de algodão. Faça também o retrocesso, parece besteira, mas com um pouco de treino, quase nem vai aparecer na peça, ficando um acabamento sútil e bem feito.

Vá aos poucos usando tecidos mais chatinhos, como seda, cetim, voil e outros escorregadios que entortam facilmente na hora de costurar. Se estiver fazendo alguma aula de costura, siga as orientações da sua professora. 

Paciência:
Essa virtude também é um material de trabalho? 
Pode ser, talvez seja mesmo um dos itens mais importantes. 

Não tenha medo de desmanchar a peça, às vezes passamos mais tempo desmanchado costuras do que propriamente costurando. 

Faça sempre seus trabalhos com carinho, pois não há sensação melhor do que poder usar uma peça feita por nós mesmos com um acabamento que nos deixe verdadeiramente satisfeitos.


Veja também:

Como encapar caderno ou agenda com tecido - PAP #5

Vamos aprender a encapar um caderno com tecido em pouco minutos?

Caderno encapado com tecido


Materiais:
  • 1 caderno ou agenda de capa dura
  • 1 pedaço de tecido com o tamanho aproximado do caderno
  • 1 pedaço de manta acrílica na medida da capa do caderno
  • 2 pedaços de papel craft (ou outro de sua preferência, como de Scrap por exemplo) 
  • fita ou renda e pedrarias para decorar
  • fita crepe, cola e tesoura



sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Bolo cremoso de pêssego - liquidificador

Bolo cremoso de pêssego - bolo fácil de liquidificador

Massa:
3 ovos
2 colheres de sopa de margarina
1 copo de açúcar

Bater bem  no liquidificador e acrescentar:
1 copo de leite
2 copos de trigo
1 colher de chá de fermento em pó

Bata mais um pouco e misture o fermento, asse a 180ºC por cerca de 45 minutos.

Recheio: Creme de confeiteiro
800ml de leite
1 lata de leite condensado
1 gema
2 a 3 colheres de sopa de amido de milho
2 colheres de chá de essência ou extrato de baunilha

Junte todos ingredientes menos a baunilha e leve ao fogo mexendo sempre, até que fique um creme homogêneo (cuidado para não empelotar, mas se caso aconteça é só bater com o mixer dentro da própria panela ou no liquidificador). Finalize com a baunilha e deixe esfriar um pouco.

Recheio e cobertura:
1 lata de pêssego em calda (ou outra fruta em calda de sua preferência) escorrida e picada.

Montagem:
Divida a massa em duas partes, regue com um pouco de leite.
Cubra com metade do creme e metade da lata de pêssego.
Coloque a segunda parte da massa, também regue com um pouco de leite. Finalize com o creme e o restante do pêssego.

Só receitas de liquidificador